#28 Ponte do Freixo

Depois de um período de silêncio resolvi regressar com uma nova travessia do Douro entre Gaia e Porto. Talvez considerada a ponte menos arrojada do conjunto que completa a travessia, foi sem dúvida, no ano de 1995, a solução para os problemas de trânsito entre as duas cidades, já que as Pontes da Arrábida e de D. Luiz I se encontravam à data férteis em engarrafamentos diários. Projecto da autoria do Professor António Reis, a solução tem o pormenor de contemplar “uma dupla ponte pois é constituída por duas vigas gémeas afastadas de 0.10 m ao longo de toda a extensão. Tem um grande comprimento e vaõs múltiplos, tendo na zona central uma cota muito inferior às suas vizinhas. A ponte tem 8 vaõs, sendo o principal de 150 metros a que se seguem para cada lado vãos de 115 m seguidos de outros menores. Cada uma das vigas tem uma largura de 18 m e alberga 4 faixas de trânsito.” in Páginas fe.up.pt

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: