Arquivo de Junho, 2012

#43 Ponte Medieval de Cabreiro

Situada no concelho de Arcos de Valdevez, perto da aldeia de Cabreiro, sobre o rio com o mesmo nome, encontramos mais uma obra de engenharia:

Ponte medieval lançada sobre o rio Cabreiro, notável pela monumental inscrição gravada no intradorso do arco mais pequeno . Com cerca de 3 metros de comprimento e escrita em gótico minúsculo com letras de grande tamanho, relata que a ponte foi feita por iniciativa do abade de Cabreiro, ao serviço do nobre Leonel de Lima, ao tempo portanto do rei Afonso V (terceiro quartel do século XV). É igualmente notável pela excelência da fábrica, apresentando-se solidamente assente nas margens e no pegão central reforçado com talhamar e talhante, do qual arrancam dois arcos, o maior em volta perfeita e o mais pequeno em ogiva. Para além da inscrição já referida no arco mais pequeno, o da margem direita, nos intradorsos são visíveis os encaixes dos cimbres. O tabuleiro, em cavalete, com guardas pétreas e lajeado, mede mais de 3 metros de largura e vence um triedro total superior a 20 metros. O aparelho dos paramentos é irregular e menos cuidado que o dos arcos. O monumento e a envolvência paisagística apresentam-se muito bem conservados.” in geira.pt

Anúncios

#42 Ponte sobre o Rio Vez em Arcos de Valdevez

Situada na belíssima vila de Arcos de Valdevez, sobre o cristalino rio Vez, este monumento é um dos símbolos da região, parte integrante de uma paisagem bucólica de grande beleza. 

Segundo reza a tradição, foi nas margens deste rio, num local próximo da Ponte que se encontraram as tropas de Afonso VII de Leão e de D. Afonso Henriques, em 1140, dando origem à consagração do reino Português, dizendo-se que no combate se deu uma carnificina tal que horas passadas do combate ainda o Rio Vez levava, até ao Rio Lima, sangue em vez de água. 

Pensa-se que por volta de 1258 já existiria aqui uma ponte que em muito terá contribuído para o desenvolvimento da vila durante a Idade Média. 
A anterior construção terá sido substituída em 1876 por esta, mais ampla com quatro arcos de volta redonda e talhamares.” in Guia da Cidade

De maravilhas está o meu Alto Minho repleto! E o Rio Vez não foge à regra! A destacar a Ponte sobre o Vez, nos Arcos, que sempre que posso, por lá passo para matar saudades. A construção da mesma decorreu entre 1876 e 1880 e procurou manter a linha arquitetónica da antiga ponte medieval que aqui se erguia.

Anúncios